Arqueologia na Rua Mouzinho da Silveira (Porto) coloca a descoberto antigo muro relacionado com o Rio de Vila.

25018758_532228800487031_7800920804480253952_n.jpg

O projeto de obras de alteração de um edifício sito na Rua Mouzinho da Silveira, n.º 129-131 (Porto), foi sujeito a pré-avaliação arqueológica, dado inserir-se numa zona da cidade condicionada – Centro Histórico do Porto.

Os trabalhos arqueológicos de avaliação prévia, promovidos pela NEXO – Património Cultural, consistiram na realização de duas sondagens arqueológicas de diagnóstico que permitiram o aparecimento de um antigo muro.

005

Ainda que os trabalhos não tenham sido conclusivos quanto à datação do muro, a documentação histórica permitiu contextualizar esta estrutura com o Rio de Vila, uma das mais importantes e mais antigas linhas de água da cidade do Porto.

image1982-e1532087786816.png

Segundo o documento, datado de 1895, a proprietária Camila Cândida Ribeiro de Lemos, solicita licença junto do município para altear o muro de vedação do seu terreno, em cerca de «metro meio», e para alargamento da porta «(…) que dá serventia para o mesmo terreno». Apresentando como motivo o facto de o terreno «(…) se acha por desaterrar, e como lhe saltam para dentro, e lhe deitam louça quebrada e entulho (…)».

Curiosamente esta pequena nota “queixosa”, em que o terreno servia de aterro, foi igualmente confirmada pelos os trabalhos de escavação.

Na NEXO desvendamos vestígios para contar as estórias…

 

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s